luiz paulo baravelli

1942 – São Paulo, Brasil
Vive e trabalho em São Paulo, Brasil

Formado em arquitetura pela FAU USP e por desenho e pintura pela FAAP, inicia sua carreira em meados dos anos de 1960 produzindo pinturas, desenhos e colagens, influenciadas, de maneira mais direta, pela obra de Wesley Duke Lee, seu ex-professor na FAAP, e de maneira mais ampla, pelo vocabulário da cultura pop. Baseando sua prática na intersecção e troca entre a produção e o ensino de arte, Baravelli participa da fundação da Escola Brasil, em 1970, junto a José Resende, Carlos Fajardo e Frederico Nasser; da Revista Malasartes entre 1975 e 1976 e da Revista Arte em São Paulo entre 1981 e 1983, ambas junto a importantes artistas e críticos da cena contemporânea.

O trabalho de Luiz Paulo Baravelli transita entre suportes, técnicas, assuntos e até mesmo estilos variados; estimulado pelas possibilidades alusivas e metafóricas das noções de horizonte e ponto de fuga e pelas “representações radicais da realidade visível”. É notável em seu trabalho uma vontade de extrapolar certos limites de composição e forma, seja em pinturas que ganham um contorno orgânico ao fugirem do regime da moldura quadrangular, podendo até adquirir o status de objeto; seja no uso da perspectiva, menos como um elemento regulador da visão e mais como um elemento propositivo e vertiginoso, que sugere profundidades infinitas na pintura; ou até mesmo na justaposição e associação entre imagens de universos distintos que compõem suas obras, muitas vezes, também, sustentadas pelo uso de diferentes técnicas e materiais.

Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas desde o final dos anos 1960, destacando-se: Bienal de São Paulo, Brasil; Bienal de Veneza, Itália; Bienal de Havana, Cuba; Bienal do Mercosul, Porto Alegre, Brasil; MASP – Museu de Arte de São Paulo, Brasil; Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil; Hara Museum of Contemporary Art, Tóquio, Japão; MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Brasil; MAM – Museu de Arte Moderna de São Paulo, Brasil; Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil; Itaú Cultural, São Paulo, Brasil; Museo de Arte Moderno de Buenos Aires, Argentina; MAC – Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, Brasil; Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil; Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

formação
Pintor, desenhista, escultor, gravador, professor, cronista. Cursa desenho e pintura na Fundação Armando Álvares Penteado

exposições individuais

2019
Luiz Paulo Baravelli. Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil

2018
A Respeito da Proximidade. Biblioteca Mário de Andrade, São Paulo, Brasil

2016
Duas das partes. Galeria Marcelo Guarnieri, Rio de Janeiro, Brasil
Os Sentidos. Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil

2015
Retrospectiva. ”Objeto versus espaço, abstração versus empatia“. Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil
Individual. Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil
Individual. Galeria Marcelo Guarnieri, Ribeirão Preto, Brasil

2004
Série dos Casais. Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil
Individual. Galeria Múltipla de Arte, São Paulo, Brasil

2002
Interior/Exterior. Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil

2000
Panoramas. Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil

1996
Série Branca. Kolams Galeria de Arte, Belo Horizonte, Brasil
Série Branca, na Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil

1995
Individual. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

1993
Deus. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil
Individual. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil

1992
Baravelli: 50 Anos. MAC/USP, São Paulo, Brasil

1991
Lendas do Princípio. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil
Individual. Galeria Documenta, São Paulo, Brasil

1989
Individual. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil

1985
Individual. Hara Museum of Contemporary Art, Tóquio, Japão
Recortes Recentes. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil

1984
Individual. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil
Individual. Galeria Tina Zappoli, Porto Alegre, Brasil

1982
Pinturas sobre a Indeterminação. Paulo Figueiredo Galeria de Arte, São Paulo, Brasil

1980
Individual. Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil

1979
Individual. Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil

1977
Pinturas Recentes. Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil

1975
Pinturas 72/75. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil

exposições coletivas

2019
Abertura 1980. Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil

2017
Coletiva, Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil
AVENIDA PAULISTA. MASP – Museu de Arte de São Paulo, Brasil

2016
Arte no Brasil: Uma história na Pinacoteca de São Paulo. Vanguarda brasileira dos anos 1960 – Coleção Roger Wright. Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brasil
O Estado da Arte. Curadoria Maria Alice Milliet. Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil

2015
Coletiva (Ana Paula Oliveira / Ana Sario / Flavia Ribeiro / Ivan Serpa / José Carlos Machado / Laura Vinci / Luiz Paulo Baravelli / Mariannita Luzzati / Masao Yamamoto / Paola Junqueira). Galeria Marcelo Guarnieri, Ribeirão Preto, Brasil
O espírito de cada época. Curadoria de Rejane Cintrão. IFF – Instituto Figueiredo Ferraz Ribeirão Preto – SP
10ª Bienal do Mercosul “Mensagens de uma Nova América”. Porto Alegre, Brasil

2005
Arte em Metrópolis. Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil

2004
Bienais. Hotel Sofitel São Paulo, São Paulo, Brasil
Novas Aquisições: 1995 – 2003. MAB/Faap, São Paulo, Brasil
O Preço da Sedução: do espartilho ao silicone. Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

2003
Grupo Rex/Escola Brasil. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Projeto Brazilianart. Almacén Galeria de Arte, Rio de Janeiro, Brasil
A Subversão dos Meios. Itaú Cultural, São Paulo, Brasil
Compressores e Condensadores, São Paulo, Brasil
Estética do Fluido. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
MAC USP 40 Anos: interfaces contemporâneas. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Meus Amigos. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

2002
Ceará Redescobre o Brasil. Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Fortaleza, Brasil
Caminhos do Contemporâneo 1952-2002. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil
Mapa do Agora: arte brasileira recente na Coleção João Sattamini do Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, Brasil
Múltiplos Brasileiros 30 Anos Depois. Multipla de Arte, São Paulo, Brasil
Ópera Aberta: celebração. Casa das Rosas, São Paulo, Brasil
Portão 2. Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil
Quem Faz as Bienais. Galeria Múltipla de Arte, São Paulo, Brasil

2001
Museu de Arte Brasileira: 40 anos.  MAB/Faap, São Paulo, Brasil

2000
Arte Pará 2000. Museu de Arte do Belém, Belém, Brasil
A Figura Humana na Coleção Itaú. Itaú Cultural, São Paulo, Brasil

1999
8 Artistas Brasileiros. Sérgio Caribé Galeria de Arte, São Paulo, Brasil
Cotidiano/Arte. O Consumo – Paratodos. Itaú Cultural, São Paulo, Brasil
Transparências. Escritório de Arte Rosa Barbosa, São Paulo, Brasil

1998
Espelho da Bienal. MAC, Niterói, Brasil
A Arte de Expor Arte. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Acervo Galeria de Arte São Paulo. Galeria de Arte São Paulo, São Paulo, Brasil
Afinidades Eletivas I: o olhar do colecionador. Casa das Rosas
Arte Contemporânea. Sérgio Caribé Galeria de Arte, São Paulo, Brasil
Década de Setenta. Galeria de Arte São Paulo, São Paulo, Brasil
Figurações: 30 anos na arte brasileira. MAC/USP, São Paulo, Brasil

1996
Arte Contemporânea Brasileira na Coleção João Sattamini. MAC, Niterói, Brasil

1996
Arte Brasileira: 50 anos de história no acervo MAC/USP: 1920-1970. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Bandeiras. Galeria de Arte do Sesi, São Paulo, Brasil
2ª United Artists: utopia. Casa das Rosas, São Paulo, Brasil

1995
Coleção Unibanco: exposição comemorativa dos 70 anos do Unibanco. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil

1994
Coleção Unibanco: exposição comemorativa dos 70 anos de Unibanco. Casa da Cultura, Poços de Caldas, Brasil
Bandeiras: 60 artistas homenageiam os 60 anos da USP. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Bienal Brasil Século XX. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
Paisagens, São Paulo, Brasil

1992
Premiados nos Salões de Arte Contemporânea de Campinas. MACC, Campinas, Brasil
Arte Moderna Brasileira: acervo do Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo. Casa da Cultura, Poços de Caldas, Brasil
1ª A Caminho de Niterói: Coleção João Sattamini. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil
Brazilian Contemporary Art. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
Coca-Cola 50 Anos com Arte. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
A Sedução dos Volumes: os tridimensionais do MAC. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Branco Dominante. Galeria de Arte São Paulo, São Paulo, Brasil
Coca-Cola 50 Anos com Arte. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
7º Salão Brasileiro de Arte. Fundação Mokiti Okada M.O.A., São Paulo, Brasil

1991
4ª Bienal de Havana – sala especial, Havana, Cuba
Lendas do Princípio. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil
Nacional x Internacional na Arte Brasileira. Paço das Artes, São Paulo, Brasil

1990
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Atami, Japão
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Brasília, Brasil
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Rio de Janeiro, Brasil
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Fundação Brasil-Japão, São Paulo, Brasil
O Múltiplo na Visão de Baravelli, Marcello Nitsche, Maria Bonomi, Noberto Nicola, Peticov e Vlavianos. Galeria Múltipla de Arte, São Paulo, Brasil
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Sapporo, Japão
9ª Exposição Brasil-Japão de Arte Contemporânea. Tóquio, Japão

1989
20ª Bienal Internacional de São Paulo. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
20º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Acervo Galeria São Paulo. Galeria de Arte São Paulo, São Paulo, Brasil

1988
63/66 Figura e Objeto. Galeria Millan, São Paulo, Brasil
MAC 25 Anos: aquisições e doações recentes. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Partes de Agora. Galeria São Paulo, São Paulo, Brasil

1987
20ª Exposição de Arte Contemporânea. Chapel Art Show, São Paulo, Brasil
Partes do Todo. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

1986
Sin Brazilian Artists. Snug Harbor Cultural Center, Nova York, EUA
1ª Mostra Christian Dior de Arte Contemporânea: pintura. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil
17º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
A Paisagem na Visão de Aguilar, Baravelli, Granato, Marcello Nitsche, Tomoshigue. Galeria Múltipla de Arte, São Paulo, Brasil

1985
Brasilidade e Independência. Teatro Nacional Cláudio Santoro, Brasília, Brasil
8º Salão Nacional de Artes Plásticas. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Velha Mania: desenho brasileiro. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
Destaques da Arte Contemporânea Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Tendências do Livro de Artista no Brasil. CCSP, São Paulo, Brasil
Today’s Art of Brazil.  Hara Museum of Contemporary Art, Tóquio, Japão

1984
Madeira, Matéria de Arte. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Viva a Pintura. Petite Galerie, Rio de Janeiro, Brasil
As Dimensões Urbana e Industrial na Pintura Figurativa Paulista. Traço Galeria de Arte, São Paulo, Brasil
Tradição e Ruptura: síntese de arte e cultura brasileiras. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
41a Bienal de Veneza. Veneza, Itália

1983
3 x 4 Grandes Formatos. Galeria do Centro Empresarial Rio, Rio de Janeiro, Brasil
14º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
17º Bienal Internacional de São Paulo. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil

1981
13º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Arte e Pesquisa. MAC/USP, São Paulo, Brasil
Artistas Contemporâneos Brasileiros. Escritório de Arte São Paulo, São Paulo, Brasil

1980
12º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Arte e Pesquisa. MAC/USP, São Paulo, Brasil

1979
11º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Volta à Figura: década de 60. Museu Lasar Segall, São Paulo, Brasil

1978
Buenos Aires (Argentina) – 15 Jovens Artistas do Brasil. Museo de Arte Moderno de Buenos Aires
Caracas (Venezuela) – Quatro Artistas Brasileños
10º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderno – MAM, São Paulo, Brasil
15 Jovens Artistas do Brasil. MAB/Faap, São Paulo, Brasil
5º Salão Global de Inverno. Masp, São Paulo, Brasil
O Objeto na Arte: Brasil anos 60. MAB/Faap, São Paulo, Brasil

1977
5º Salão Global de Inverno. Fundação Palácio das Artes, Belo Horizonte, Brasil
5º Salão Global de Inverno. Fundação Cultural do Distrito Federal, Brasília, Brasil
5º Salão Global de Inverno. MNBA, Rio de Janeiro, Brasil
9º Panorama da Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
5º Salão Global de Inverno. Masp, São Paulo, Brasil

1976
Arte Agora I. MAM/RJ – Prêmio Aquisição Light, Rio de Janeiro, Brasil

1975
7º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

1974
9º Salão de Arte Contemporânea de Campinas. MACC, Campinas, Brasil
6º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Galeria Luisa Strina: mostra inaugural. Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil

1973
5º Salão Global de Inverno. Fundação Palácio das Artes, Belo Horizonte, Brasil
5º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

1972
Luiz Paulo Baravelli, Frederico Nasser, José Resende e Carlos Fajardo. Galeria da Missão Cultural Brasileira, Assunção, Paraguai
4º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil
Arte Brasil/Hoje: 50 anos depois. Galeria da Collectio, São Paulo, Brasil
Brasil Plástica 72 – sala especial, Prêmio Aquisição. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
Mostra de Arte Sesquicentenário da Independência e Brasil Plástica – 72. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
Múltiplos Brasileiros. Galeria Múltipla de Arte, São Paulo, Brasil

1971
Carlos Fajardo, Frederico Nasser, Luiz Paulo Baravelli. Galeria da Missão Cultural Brasileira, Assunção, Paraguai
3º Panorama de Arte Atual Brasileira. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

1970
Baravelli, Fajardo, Nasser, Resende. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Baravelli, Fajardo, Nasser, Resende. MAC/USP, São Paulo, Brasil

1968
Baravelli, Fajardo, Nasser, Resende. Petite Galerie, Rio de Janeiro, Brasil
Baravelli, Fajardo, Nasser, Resende. Galeria Art-Art, São Paulo, Brasil

1967
9ª Bienal Internacional de São Paulo, Prêmio Aquisição Itamaraty. Fundação Bienal, São Paulo, Brasil
1ª Jovem Arte Contemporânea. MAC/USP, São Paulo, Brasil

 

gmc_aliceshintaniluiz paulo baravelli: cv