gabriela machado

1960 – Santa Catarina, Brasil
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil

Buscando nas formas da natureza e nos arranjos dos objetos que a rodeiam um ponto de partida para suas pinturas, desenhos e esculturas, Gabriela Machado escolhe a cor como porta-voz de seus trabalhos. Por vezes em telas de grandes dimensões que exigem do corpo o movimento de projetar-se numa espécie de vôo cego, ou até mesmo em telas pequeninas que nos remontam à relação intimista que possuímos com nossos cacarecos, o trabalho de Machado nos aproxima, por meio de pinceladas intensas e cores vivas, da experiência estética dos elementos de seu cotidiano; sejam eles as grandiosas montanhas do Rio de Janeiro ou os singelos cachos de bananas pendurados nas barracas da feira. A tinta, matéria de seus trabalhos bidimensionais, surge, em sua grande maioria, diluída em água ou entre as distintas cores que escolhe a artista, nunca perdendo, no entanto, a capacidade de vibrar. O caráter gestual de sua pintura migra para os trabalhos tridimensionais que ganham corpos de porcelana, gesso ou bronze e que parecem alçar a condição de objetos-vivos quando elevados em altíssimos pedestais ou quando assumem grandes volumes desengonçados. Assim como suas pinturas, desenhos e como a própria natureza, esses objetos nos apontam para a beleza da matéria não-domesticada.

Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas, destacando-se: MAM – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Brasil; Centro Cultural Banco do Brasil, São Paulo, Brasil; Carpe Diem – Arte e Pesquisa, Palácio das Artes, Lisboa, Portugal

formação

Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula, 1984. Antes de se dedicar exclusivamente às artes plásticas, a partir de meados dos anos 80, participou de trabalhos de restauração na Fundação Roberto Marinho. “Morava numa casa do século XVIII com afrescos pintados por José Maria Villaronga. Meu pai gostava muito do cuidado com a recuperação dos afrescos e da arquitetura da casa. Pude assistir de perto a riqueza desse trabalho detalhado, ao longo da minha infância.”. Estudou gravura, pintura, desenho e teoria da arte na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (Rio de Janeiro, 1987-1992). Frequentou cursos em História da Arte, ministrados pelos críticos Paulo Venâncio Filho (Da Antigüidade à Idade Média), Paulo Sérgio Duarte (Arte e Ciência, do século XV ao XIX), (1993-1995) e cursos de Estética e História da Arte, ministrados por Ronaldo Brito, na PUC e UNI/RIO (Rio de Janeiro, 1992-1997).

exposições individuais

2019
Todas as cores da Estrela, Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil

2018
Gabriela Machado, Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil

2017
Gabriela Machado. Auroras, São Paulo, Brasil
Um momento. 3 + 1 Contemporary art gallery, Lisboa, Portugal

2016
Pequenas pinturas. Galeria Marcelo Guarnieri, Rio de Janeiro, Brasil
Bicho Solto. Galeria Marcelo Guarnieri. Ribeirão Preto, Brasil.
auroras: pequenas pinturas – Parte I. auroras, São Paulo, Brasil
Monotipias – Phoenix. Mul.ti.plo Espaço Arte, Rio de Janeiro, Brasil
Things that fit in my hand. Curadoria Fernando Cocchiarale. MAM – Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, Brasil

2014
Um olhar viajante. Galeria Marcelo Guarnieri, Ribeirão Preto, Brasil
Rever. Armazém Artur Fidalgo. Galeria Artur Fidalgo, Rio de Janeiro, Brasil
Para o pequeno lago verde. Museu do Açude, Rio de Janeiro, Brasil

2013
Rever. Galeria 3+1, Lisboa, Portugal

2012
Cadência. Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre, Porto Alegre, Brasil
Cadência. Paço Imperial. Rio de Janeiro, Brasil

2011
Cadência. Galeria Moura Marsiaj, São Paulo, Brasil

2010
Galeria Laura Marsiaj, Rio de Janeiro, Brasil
Alindina, Alecrim e Doralina. Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil

2009
Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural, São Paulo, Brasil
Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural. Rio de Janeiro, Brasil

2008
3+1 Arte Contemporanea, Lisboa, Portugal

2007
Gabriela Machado e José Spaniol. Organização H.A.P Galeria, Martha Pagy e Miguel Sayad. Largo das Artes, Rio de Janeiro, Brasil
Gabriela Machado e Renata Tassinari. Galeria Matias Brotas, Vitória, Brasil

2006
Pinturas. Galeria Virgílio, São Paulo, Brasil
Gabriela Machado e Ângelo Venosa. Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil
Paisagem Bruta. Curadoria Luiz Camillo Osório. Galeria Virgilio, São Paulo, Brasil

2005
Pinturas. H.A.P Galeria, Rio de Janeiro, Brasil
Palmbeach3. Neuhoff Gallery, West Palm Beach, Florida, EUA

2003
Red Suspended. Neuhoff Gallery, Nova York, EUA

2002
Individual. H.A.P Galeria, Rio de Janeiro, Brasil
Individual. CCBB, Rio de Janeiro, Brasil
Individual. Centro Universitário Maria Antonia, São Paulo, Brasil

1998
Gabriela Machado: desenhos. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

1997
Os Amigos da Gravura. Associação Cultural dos Amigos dos Museus Castro Maya, Rio de Janeiro, Brasil
Individual. Valu Oria Galeria de Arte, São Paulo, Brasil

1996
Individual. Espaço Cultural Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil

1993
Indivudual. CCSP, São Paulo, Brasil

1992
Projeto Macunaíma. Funarte; Galeria Macunaíma, Rio de Janeiro, Brasil

1989
Individual. Galeria Ângulo, Lisboa, Portugal
Mural para Aliança Francesa. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil

1988
Pinturas. Casa de Cultura Laura Alvim, Rio de Janeiro, Brasil

1987
Pinturas. Galeria Contemporânea, Rio de Janeiro, Brasil
Individual. Espaço Cultural Chap Chap, São Paulo, Brasil

exposições coletivas

2019
Animal. Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo e Ribeirão Preto, Brasil
A invenção do dia claro. Galeria Cavalo, Rio de Janeiro, Brasil

2018
Desterro desaterro – arte contemporânea em Santa Catarina, MASC, Florianópolis, Brasil
A invenção do dia claro. Galeria Cavalo, Rio de Janeiro, Brasil

2017
Coletiva, Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil

2016
Atlas Abstrato. Centro Cultural São Paulo, Brasil
Em polvorosa – um panorama das coleções do MAM Rio, Rio de Janeiro, Brasil
Do clube para a praça. Organização Luisa Duarte. Jacarandá, Rio de Janeiro, Brasil
Gabriela Machado, Beth Jobim, Célia Euvaldo e Daniel Feingold. Simões de Assis Galeria, Curitiba, Brasil
Ana Sario, Eleonore Koch, Flávia Ribeiro, Gabriela Machado, Iberê Camargo, Masao Yamamoto. Galeria Marcelo Guarnieri, São Paulo, Brasil

2015
Fotos contam Fatos. Curadoria Denise Cadelha. Galeria Vermelho, São Paulo, Brasil
Manifesto. Galeria Mercedes Viegas, Rio de Janeiro, Brasil
Releituras da natureza-morta. Curadoria de Ligia Canongia. Galeria Carbono, São Paulo, Brasil
Múltiplos do projetos Carpe Diem – Arte e Pesquisa. Palácio das Artes, Lisboa, Portugal

2014
Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil
Do barroco ao barroco – está a arte contemporânea. Curadoria Maria de Fátima Lambert e Lourenço Egreja. Casa da Parra, no âmbito da 17ª Bienal de Cerveira, Santiago de Compostela, Espanha
Do barroco ao barroco – está a arte contemporânea. Curadoria Maria de Fátima Lambert e Lourenço Egreja. Museu Guerra Junqueiro. Porto, Portugal
Encenações do quotidiano: lentidão, intervalo e demora. Curadoria Maria de Fátima Lambert. Gabriela Machado | Graça Pereira Coutinho | Samuel Rama – Edifício AXA. Porto, Portugal
Caderno. Curadoria Alberto Saraiva. Grande Campo – Oi Futuro Flamengo, Rio de Janeiro, Brasil
Prometheus fecit: terra, água, mão e fogo. Residências Artísticas de Cerâmica Contemporânea em Alcobaça. Curadoria Maria de Fátima Lambert. Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto, Portugal

2012
Chamo silêncio à linguagem-que-já-não-é-orgão-de-nada. Curadoria Maria de Fátima Lambert. Quase Galeria, Porto, Portugal
Arquivo Aberto: Sérgio Porto 1983–1997. Curadoria Marta Mestre. Espaço Sérgio Porto, Rio de Janeiro, Brasil
O Colecionador de Sonhos. Curadoria de Agnaldo Farias. Instituto Figueiredo Ferraz, Ribeirão Preto, Brasil
Coleção BGA – Brazil Golden Art. MUBE – Museu Brasileiro de Escultura, São Paulo, Brasil

2011
Os Jardins de Lisboa em Gabriela Machado. Instituição Carpe Diem, Lisboa, Portugal
II Mostra do Programa Anual de Exposições. Artista Convidada. Centro Cultural São Paulo, São Paulo, Brasil
Passante no mundo. Paulo Reis e Cª. Mostra coletiva em homenagem. Quase Galeria, Porto, Portugal

2010
Geometric Illusion. Frederic Seve Art Gallery, Nova Iorque, EUA
Coisário Cassino Museu. Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte, Brasil
Arte brasileira: Além do Sistema. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria Estação, São Paulo, Brasil
Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil
Arquivo Geral. Curadoria Beatriz Lemos e Marisa Flórido. Centro de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, Brasil

2009
Coletiva de desenhos. Galeria Celma Albuquerque, Belo Horizonte, Brasil
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Rio de Janeiro, Brasil
Coletiva ‘The Line is a Sign’. Latin Collector Gallery, Nova Iorque, EUA
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Bar do Mineiro, Rio de Janeiro, Brasil
Estética Solidária. Curadoria Paulo Reis. Palácio do Marquês, Lisboa, Portugal
Coletiva 6 x 6 Novas Aquisições – Prêmio FUNARTE Marco Antônio Vilaça – ECCO. Brasília, Brasil
Art to stop Tuberculosis. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Universidade Cândido Mendes, Rio de Janeiro, Brasil

2008
Arquivo geral. Curadoria Fernando Cochiarelli. Centro Cultural da Justiça Federal, Rio de Janeiro, Brasil

2007
30 anos do Centro Cultural Cândido Mendes. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria do Convento, Rio de Janeiro, Brasil
A Gravura Brasileira na Coleção Mônica e George Kornis. Caixa Cultural Galerias 2 e 3, Rio de Janeiro, Brasil

2006
Os Amigos da Gravura. Circuito SESC Rio. Museu Castro Maya, Rio de Janeiro, Brasil
Arquivo Geral. Curadoria Paulo Venancio Filho. Centro de Arte Hélio Oiticica, Rio de Janeiro, Brasil
MAM na OCA. Curadoria Tadeu Chiarelli, Felipe Chaimovoch e Cauê Alves. Pavilhão Lucas Noqueira Garcez, São Paulo, Brasil

2005
Referencias Fotográficas. Galeria de Arte Ipanema, Rio de Janeiro, Brasil
Pinturas. Arte Pará. Curadoria Paulo Herkenhof. Fundação Romulo Maiorana, Belém, Brasil
Educação, olha! Galeria A Gentil Carioca, Rio de Janeiro, Brasil

2004
Art Chicago. Neuhoff Gallery, Chicago, EUA
PalmBeachContemporary. Neuhoff Gallery, West Palmbeach, Forida, EUA
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery, Chicago, EUA
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery, San Francisco, California, EUA
Arquivo Geral. Arte Contemporânea no Jardim Botânico. H.A.P Galeria, Rio de Janeiro, Brasil

2003
Art Chicago. Chicago, EUA
Art Cologne. Colônia, Alemanha
11ª Universidarte. Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, Brasil
San Francisco International Art Exposition. São Francisco, EUA
Art Palm Beach. West Palm Beach, EUA

2002
Exposição do Acervo. Celma Albuquerque Galeria de Arte, Belo Horizonte, Brasil
Rumos Itaú Cultural Artes Visuais, Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira. Fundação Clóvis Salgado; Palácio das Artes, Belo Horizonte, Brasil
Rumos Itaú Cultural Artes Visuais, Manifesto das Indiferenças. Itaú Cultural, Belo Horizonte, Brasil
Art Chicago. Chicago, EUA
Art Cologne. Colônia, Alemanha
The Gesture: movement in painting and sculpture. Neuhoff Gellery, Nova York, EUA
Exposição do Acervo do Centro Cultural Cândido Mendes. Centro Cultural Cândido Mendes; Grande Galeria, Rio de Janeiro, Brasil
San Francisco International Art Exposition. São Francisco, EUA
Os Gêneros da Arte: a natureza-morta na arte contemporânea. Museu de Arte Moderna – MAM, São Paulo, Brasil

2001
Rio de Janeiro/Barclona. La Casa de Elizalde, Barcelona, Espanha
5º Traço Contemporâneo. Centro Universitário de Barra Mansa, Barra Mansa, Brasil
O Olhar Hedonísta. UBM, Barra Mansa, Brasil
Arco/2001. Madri, Espanha
Works on Paper. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA
Lucky Strike Photolab. Marina da Glória, Rio de Janeiro, Brasil

2000
Imagens em Questão. Galeria da Caixa Econômica Federal, Curitiba, Brasil
Gestural Works on Paper. Neuhoff Gallery, Nova York, EUA
Desenho Contemporâneo: 4 artistas brasileiros. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil

1999
5º Salão Unama de Pequenos Formatos. Universidade da Amazônia; Galeria de Arte, Belém, Brasil
Claming the Clouds. Foudation 3,14, Bergen, Noruega
Desenho Contemporâneo: 4 artistas contemporâneos. Caelum Gallery, Nova York, EUA
Mostra Rio Gravura. Plano Marcado. Centro Cultural Cândido Mendes; Grande Galeria, Rio de Janeiro, Brasil
Desenho Contemporâneo: 4 artistas contemporâneos. CCSP, São Paulo, Brasil
Projeto Fachadas Imaginárias. São Paulo, Brasil
16º Salão de Inverno de Mauá, 2º prêmio. Galpão Maringá, Visconde de Mauá, Brasil

1998
6º Salão Nacional Victor Meirelles, prêmio aquisição. Museu de Arte de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil
Arco/98. Madri, Espanha
16º Salão Nacional de Artes Plásticas. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
5º Salão da Bahia. Museu de Arte Moderna – MAM, Salvador, Brasil
Os Colecionadores, Guita e José Mindlin: matrizes e gravuras. Galeria de Arte do Sesi, São Paulo, Brasil

1997
25º Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte. Centro Cultural UFMG, Belo Horizonte, Brasil
A Arte Contemporânea da Gravura. Museu Metropolitano de Arte de Curitiba, Curitiba, Brasil
Sculpture Urbaine. Laboratoire Sculpture Urbaine, Grenoble, França
3º Universidarte. Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, Brasil
6ª Bienal Nacional de Santos, prêmio aquisição. Centro Cultural Patrícia Galvão, Santos, Brasil

1996
15º Salão Arte Pará. Museu do Estado do Pará, Belém, Brasil
Influência Poética: dez desenhistas contemporâneos, Amilcar de Castro e Mira Schendel. Fundação Palácio das Artes, Belo Horizonte, Brasil
B.A.T – Bon à Tirer. Casa do Brasil, Madri, Espanha
Influência Poética: dez desenhistas contemporâneos, Amilcar de Castro e Mira Schendel. Paço Imperial, Rio de Janeiro, Brasil
Novas Aquisições: Coleção Gilberto Chateaubrinad. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
3º Salão MAM-Bahia de Artes Plásticas. Museu de Arte Moderna – MAM, Salvador, Brasil

1995
Novos Talentos: 24 artistas selecionados. Gabinete do Presidente da República, Brasília, Brasil
11ª Mostra da Gravura Cidade de Curitiba. Fundação Cultural de Curitiba; Solar do Barão, Curitiba, Brasil
52º Salão Paranaense, menção honrosa. MAC, Curitiba, Brasil
9ª Bienal de Gravura de Curitiba. Museu Guido Viaro, Curitiba, Brasil
Impressões Cariocas. Museu de Arte Moderna – MAM, Rio de Janeiro, Brasil
Limites da Pintura. Conjunto Cultural da Caixa, Rio de Janeiro, Brasil

1994
Coletiva 8. Centro Cultural UFMG, Belo Horizonte, Brasil
Impressões Cariocas. Galeria de Artes UFF, Niterói, Brasil
14º Salão Nacional de Artes Plásticas. Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro, Brasil
18º Salão Carioca de Arte. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
1º Salão MAM-Bahia de Artes Plásticas. Museu de Arte Moderna – MAM, Salvador, Bahia

1993
Projeto Exposições Temporárias. Museu da Gravura, Curitiba, Brasil
13º Salão Nacional de Artes Plásticas, prêmio aquisição. Palácio Gustavo Capanema, Rio de Janeiro, Brasil
17º Salão Carioca de Arte. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
Programa Anual de Exposições de Artes Plásticas. CCSP, São Paulo, Brasil

1992
49º Salão Paranaense. MAC, Curitiba, Brasil
Projeto Macunaíma. Funarte; Galeria Sérgio Milliet, Rio de Janeiro, Brasil

1991
48º Salão Paranaense. MAC, Curitiba, Brasil
9ª Bienal de Desenho de Curitiba. MAC, Curitiba, Brasil
Ribeirão Preto SP – 16º Salão de Arte de Ribeirão Preto, menção especial do júri. Marp, Ribeirão Preto, Brasil
4 Artistas. Galeria Contemporânea, Rio de Janeiro, Brasil
Coletiva de Trabalhos. IAB, Rio de Janeiro, Brasil
Mostra Prêmio Mark Bercowitz. Galeria Contemporânea, Rio de Janeiro, Brasil

1990
22º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Belo Horizonte. MAP, Belo Horizonte, Brasil
Atelier Matriz. Museu do Ingá, Niterói, Brasil
Gravuras. Casa França-Brasil, Rio de Janeiro, Brasil
Mostra Prêmio Mark Bercowitz. Galeria Contemporânea, Rio de Janeiro, Brasil
Novos Novos. Galeria do Centro Empresarial Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil
Núcleo de Gravuras. Gabinete de Estampas da EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
Projeto Macunaíma. Funarte; Galeria Sérgio Milliet, Rio de Janeiro, Brasil

1989
Lithogravuras. EAV/Parque Lage, Rio de Janeiro, Brasil
Salão Novíssimos. Galeria de Artes do Ibeu, Rio de Janeiro, Brasil

1988
1º Salão de Inverno da UFRJ. Galeria da UFRJ, Rio de Janeiro, Brasil

 

gmc_aliceshintanigabriela machado: cv